Quem somos

 

A Igreja Presbiteriana Filadélfia não foi originalmente assim denominada. Seu nome original foi Congregação Presbiteriana de Ponta Negra. O seu pioneirismo se deu na residência do Pb. Henrique Alonso da Igreja Presbiteriana de Natal.  Estamos falando do ano de 2000. A liderança da congregação era exercida pelos Presbíteros Henrique Alonso, Abel Lins e pelo seminarista do STEN Alberto.
Algum tempo depois ela mudou de endereço e foi realizar suas atividades numa casa alugada no centro do conjunto residencial de Ponta Negra. Teve um crescimento exponencial sob a liderança desses irmãos. Os presbíteros citados passaram a liderança presencial dos trabalhos quase que exclusivamente ao seminarista Alberto. A congregação continuou vivendo tempos animadores com uma membresia que crescia, mas não se solidificava. Posteriormente, o seminarista Alberto precisou deixar a congregação e a mesma passou a ser dirigida pelo pastor Marcos Grativol, ordenado pela Igreja Nova Vida na cidade do Rio de Janeiro e que já era membro ativo da congregação há algum tempo. Ele e mais alguns irmãos elegem uma mesa administrativa que passa a coordenar os trabalhos da comunidade de uma forma mais organizada e institucional. Nesse novo local a congregação ficou até meados do ano de 2006.
Por causa da mudança de trabalho secular do Pr. Marcos, que precisou se transferir para o estado do Maranhão em função de seu trabalho secular, ele precisou deixar a liderança da congregação, sendo substituído pelo Pr. Adailton no segundo semestre do citado ano. A congregação reunia-se nessa casa para reuniões de oração e de edificação bíblica e dominicalmente num colégio estadual do bairro denominado José Fernandes Machado ou Escola Machadão para o funcionamento de duas reuniões, a escola Bíblica e o culto comunitário dominical. É sob a liderança do pastor Adailton que a congregação decide mudar o seu nome passando a se chamar CONGREGAÇÃO FILADÉLFIA. No ano de 2007 a congregação passa a se reunir no auditório do Praiamar Hotel, numa região de muitos hotéis da praia de Ponta Negra. Isto porque a escola já não proporcionava uma condição favorável para que a congregação permanecesse se reunindo, até porque já vinha sendo solicitada a sua saída devido a mudança de direção do colégio.
A partir de janeiro de 2007 é designado o Pb. Flávio Henrique Abath Ataliba para assumir a função de obreiro da congregação em função da viagem repentina do Pr. Adailton para pastorear uma igreja brasileira nos Estados Unidos, o que se deu por volta do mês de abril do ano de 2007. Foi feita uma transição de liderança muito tranqüila e responsável. Já naquela oportunidade havia um pleito de organização da congregação em igreja. Mas, com a mudança da liderança, o presbitério decidiu esperar um pouco mais para ver como a congregação iria suportar tal transição no ano de 2007. Desde setembro de 2007 até o presente momento, a congregação se reúne num prédio alugado no bairro de Cidade Verde em Parnamirim, com uma área de quase 900 quadrados. Trata-se de um excelente galpão que precisou de alguns ajustes para o nosso funcionamento. Ali estão concentrados todos os nossos trabalhos eclesiásticos litúrgicos e administrativos. No dia 11 de julho de 2009 nos tornamos Igreja Presbiteriana Filadélfia. Foi quando o Presbitério Potiguar designou o Rev. Liberato do Santos (Igreja Presbiteriano de Natal), como pastor da igreja. E os trabalhos eram dirigidos pelo obreiro Jorge Thomaz. Em fevereiro de 2011, o obreiro Jorge foi consagrado pastor, e designado a permanecer na igreja. Este é um breve relato da vida eclesiástica de nossa amada igreja.

                 

 

 

 

Rua Açucena, 136 - Cidade Verde

Parnamirim - RN CEP.: 59152-030  

Por trás do Condomínio Itatiaia 

 

                 

 

Localização

 

                 

 

Clique aqui para falar conosco ou enviar seu pedido de oração.

  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
logo_ipf_branco_transparente(2).png

                 

 

Localização

 

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now